Tel: +351 239 491 046 - Mail: geral@petfun.pt
PT EN


A torção gástrica pode ser fatal...



O que é Torção Gástrica?


Comer e beber imediatamente antes ou depois de fazer exercício pode ser uma situação fatal para os cães. A torção gástrica ocorre quando o cão enche o estômago, fazendo com que este se torne num órgão pesado, que balança quando o cão se move. Com o exercício, o estômago pode torcer-se entre si, o que pode levar à morte do animal, se o nó não for desfeito.
Tendo a alimentação feita de maneira errada e exagerada como principal desencadeador, a torção gástrica canina é fatal em cerca de 60% dos casos tratados tardiamente, portanto, é de grande importância que os donos de pets de raças maiores saibam identificar os sinais dessa complicação.

Tendo a alimentação feita de maneira errada e exagerada como principal desencadeador, a torção gástrica canina é fatal em cerca de 60% dos casos tratados tardiamente, portanto, é de grande importância que os donos de pets de raças maiores saibam identificar os sinais dessa complicação.

Caso alimente o patudo de forma errada e exagerada pode desencadear uma torção gástrica, que é fatal em cerca de 60% dos casos tratados tardiamente.
É de extrema importância que os donos de cães de raças maiores saibam identificar os sinais desta complicação.

Os sintomas causados pela torção gástrica são bastante específicos e, na maioria das vezes, começam a aparecer cerca de três horas após a refeição do cão.

Além de um grande desconforto, o cão começa a sentir dificuldade em respirar e, como a torção gástrica compromete a circulação sanguínea de diversos orgãos da região, a absorção dos gases que resultam da fermentação na região causa a intoxicação do animal, que em poucas horas, chega a morte se não for atendido prontamente por profissionais qualificados.

Sintomas:
  • O aumento repentino do tamanho do abdômen do animal é o primeiro sinal de alerta, sendo seguido, na maior parte das vezes, pela dificuldade de respiração e o aceleramento dos batimentos cardíacos do patudo.
  • Salivação excessiva, tentativas de vômito, flatulência e a palidez das mucosas dos olhos e boca do patudo também indicam a possibilidade de torção gástrica
  • Agitação anormal seguida de apatia e, em muitos casos, a perda de consciência do patudo.
  • Um sinal muito comum é o animal ficar deitado com a respiração ofegante e o abdômen dilatado.
Ao perceber estes sintomas no seu patudo, não hesite, e leve-o com urgência à clínica veterinária mais próxima que encontrar - o atendimento rápido, nestes casos, faz toda a diferença entre a vida e a morte do patudo.

As 10 raças mais suscetíveis à Torção Gástrica

Segundo estudo desenvolvido pela Purina:
1. Golden Retriever
2. São Bernardo
3. Rottweiler
4. Setter Irlandês
5. Setter Gordon
6. Dogue Alemão
7. Basset Hound
8. Dobermann
9. Poodle Standard
10. Weimaraner
©2017 Pet Fun. Todos os direitos reservados. by fullscreen